Sua enciclopédia

A filosofia e as ciências gregas

19/06/2013 10:48

A filosofia e as ciências gregas

Foi na Grécia que nasceu a filosofia (Philo = amizade, amor fraterno; Sophia = sabedoria), estudo que busca entender por meio de explicações racionais a existência humana e a realidade do mundo.

Sócrates, Platão, Aristóteles, entre tantos outros filósofos presentes ainda hoje no pensamento ocidental. Em suas obras, por exemplo, são analisados sistemas políticos e formas de governo que servem de inspiração para diversos estudiosos e teóricos de nossa época.

Os filósofos gregos procuravam explicações para os fenômenos da natureza, baseados na observação e no pensamento racional. Assim, eles não aceitavam simplesmente as explicações mitológicas. Com isso, desenvolveram uma nova forma de produzir conhecimentos.

Sócrates foi um dos principais filósofos gregos. Para mostrar que todas as pessoas têm igual capacidade para aprender, ensinou cálculos sofisticados a um escravo. Por incentivar o raciocínio, Sócrates foi acusado pelas autoridades de Atenas de renegar os deuses e corromper os jovens. Acabou julgado e condenado a suicidar-se, ingerindo Cicuta

Platão um dos mais fies seguidores de Sócrates, tratou da importância do conhecimento filosófico como forma de ir além da aparência e realmente compreender a natureza e a humanidade.

Aristóteles, por sua vez, dedicou-se ao conhecimento da botânica, da zoologia, da astronomia, da matemática, da física, da química e no campo da filosofia, desenvolveu a lógica, além disso, escreveu sobre arte, política, ética, etc. 

Fonte: História & vida Integrada 5 Série, autor Nelson Piletti e Claidino Piletti, editora ática

Pesquisar no site

Contato

alternativa http://alternativa22.webnode.com/